sábado, 14 de maio de 2011

E por falar em família...

Imagem retirada da net
Este é um tema que gosto muito de abordar... afinal, a vida na Terra se norteia através da família.
Dizem alguns que a família é "uma instituição falida"... mas, particularmente, não acredito...
Família não é só a casa e seus moradores... pais, filhos e outros...
É o sentimento mais puro e mais nobre que brota das nossas profundezas... admitamos ou não.
Analisando a vida na atualidade, observamos que a família se perdeu no redemoinho de ofertas e consumo.
Vivemos momentos em que o reduto doméstico se assemelha a frágil barco, em mar de ondas revoltas, conduzindo seus potenciais.
A família sofre os abalos de um momento histórico, em que se decidirá o fututro da sociedade humana.
Questiona-se a sobrevivência e a validade da mesma...
Pergunta-se se resistirá à velocidade das mudanças... se é fonte de todos os males ou retaguarda de todo bem.
Filhos cada vez mais exigentes... pais ocupadíssimos, querendo suprir a ausência através de mimos adquiridos em prateleiras.
O que observamos é uma insatisfação geral.
Os valores adquiridos outrora, com nossos familiares, dão lugar à modernidade e se abre um "vazio" onde vamos guardando a saudade daqueles tempos... organizadamente... afinal, precisamos acompanhar as normas ditadas pela sociedade atual...
As lembranças se fazem cada vez mais impactantes e nós, os pais, sentimos que já não damos conta do recado...
E os filhos??? 
Ah! Esses, após alcançarem a pré-adolescência... já se vão para suas vidas , indiferentes ao martírio que ocupa o raciocínio dos pais. 
Mas, acredito firmemente, que o homem do século XXI começa a se descobrir na qualidade de pessoa e que é ao seio da família que os filhos retornam...
É no insubstituível regaço materno, no clima do lar... de família... que encontram segurança para darem início à uma nova vida... 
Através da reestruturação global do comportamento humano, que o homem descobrirá a sua real natureza, iniciando uma nova era, se recompondo em bases de nova esperança...
Eu acredito na família.

4 comentários:

  1. Oi querida, tudo bem? Adorei seu blog, vou voltar para ler mais.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá cumadi querida!
    Estou envergonhada pela demora em visitá-la. A honra é minha de receber um email carinhoso e poder conhecer seu cantim.=}
    Ficarei mto feliz em aprender receitas com vc, viu?!E se me autorizar postar no Quituteiras será ainda melhor! Estou em período de mudanças, trabalho, casa e por isso meu tempo está meio desorganizado.
    brigadinha pelo carim lá na cozinha =)
    Uma semana abençoada prá vc e para a família, que é sonho de Deus!
    Um bejim!

    ResponderExcluir
  3. Também acredito na família, Rô.
    E por mais que o mundo se mova, ela sempre será a base de todo o indivíduo.
    Feliz de nós que sabemos o que ela é, o que representa e o que nos proporciona. Quiçá fosse um direito de todos.
    Lindo texto.
    Você é uma pessoa linda!
    Bjbjbj

    Cíça Mora.

    ResponderExcluir
  4. EU TAMBÉM ACREDITO NA FAMILIA POIS ELA E UM PROJETO DE DEUS E ELE(DEUS)JAMAIS ARQUIVA SEUS PROJETES.SOU POLICIAL MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO E JÀ ATENDI INÚMERAS OCORRÊNCIAS ENVOLVENDO FAMILIA E TODAS SE EXCEÇÃO NÃO E CASO DE POLICIA MAS SIM PROBLEMA SOCIAL.FALTA DE ESTIMULO NA SOCIEDADE,O SISTEMA E MUITO CRUEL,ELE NÃO PERDOA SE VC ERRAR

    ResponderExcluir